Junta de Freguesia

São Sebastião

zWeatherFeed - Basic Weather Feed Example

Escuteiros - Agrupamento 652


Responsável Atual: Chefe José Ilídio Leal

Dão-se os primeiros passos para a fundação do movimento escutista em São Sebastião em Março do ano de 1981. Nos meses seguintes, foram convocados vários candidatos a dirigentes, assim como crianças e adolescentes. Durante um período de tempo, do então corrente ano, os candidatos a dirigentes tiveram formação sobre o método escutista dada pela Junta Regional, seguida à risca pelo livro escrito pelo fundador Baden Powell “Escutismo para Rapazes”. De acordo com o método foram divididas os noviços em três seções, Lobitos, Exploradores, e Séniores. No ano seguinte deu-se a abertura do caminheirismo que constituía a 4.ª seção.

A 27 de Setembro de 1981, na Igreja Matriz da Vila de São Sebastião, numa cerimónia de investidura foram investidos à volta de 120 escutas entre dirigentes e escutas e assim nascia o movimento escutista nesta freguesia.

Em Março de 1982, foi publicado em Ordem de Serviço Nacional - Jornal Oficial do CNE – o registo deste agrupamento com o número 652. O primeiro chefe de Agrupamento foi António Félix Flores Rodrigues.

O Agrupamento não possuía sede própria, funcionando nas instalações cedidas pela Santa Casa da Misericórdia de São Sebastião mais de uma década. Após este período de tempo conseguiu-se através de alguns subsídios, ajudas da população, angariação de fundos pelos próprios escuteiros através da realização de bazares, rifas e tascas construindo-se atual sede onde hoje funciona.

Ao longo de todo este tempo foram realizadas inúmeras atividades escutistas, tais como: acampamentos riquíssimos em aprendizagem escutista, serões culturais, elaboração e participação em desfiles, marchas e cortejos etnográficos aquando das festas de Verão. Não esquecendo a preparação de promessas antecedidas de uma profunda animação da fé durante uma semana. A Velada de Armas a cada ano explorava uma temática que levava à reflexão e à tomada de consciência do valor da promessa.