13 de Abril de 2024 - 13:19 Vila São Sebastião, Portugal

19 de Janeiro de 2022 - 19:00 - Vila São Sebastião, Portugal

JUNTA DE FREGUESIA

Vila São Sebastião

   Sem exageros e sem falsas modéstias, podemos afirmar que a Vila de São Sebastião é Histórica. Esta é uma afirmação que não pode ser contestada.

   No entanto, é importante sublinhar que a Vila de São Sebastião não é Histórica só pelo passar do tempo, também o é. Não se pode contar a História da Ilha Terceira, sem primeiro se começar a contar a História da Vila de São Sebastião, pois os primórdios do povoamento deste bonito pedaço de terra centrado no arquipélago, aconteceram aqui. Aqui se rezou a primeira missa, aqui nasceu a primeira igreja, aqui se batizou o primeiro terceirense, assim como todos os outros passos de um primeiro lugar, dos mais humildes aos mais importantes.

   Mas tendo esta condição de primogénita, a Vila de São Sebastião tem também o condão, de ao longo da sua existência terem acontecido dentro das suas fronteiras, eventos de indiscutível relevo, tanto para a Ilha, como para a Região, o país e o mundo.

   Foi este lugar que em 1503, D Manuel I, do alto da sua sabedoria e com fundamentos válidos, elevou a Vila. Dando-lhe a relevância territorial e política de ser uma cunha entre os dois concelhos já existentes e assim também, uma afirmação Real.

   Foi aqui que Portugal manteve a sua afirmação independente, na Batalha da Salga em 1581, um momento tal que trouxe ânimo e força para voltar a acreditar, a todo um país que já quase se tinha rendido.

   Foi aqui em 1582, que D. António, o Prior do Crato, desembarcou e se foi ajoelhar e rezar na igreja Matriz, agradecendo ao único ponto do país que ficou do seu lado e tendo antes criado o condado da Vila de São Sebastião, entregue a Ciprião Figueiredo.

   Foi também aqui, depois da Batalha da Baía das Mós em 1583, que primariamente se perdeu, se sofreu, se sentiu na pele a força da vingança, contra quem sempre quis ser português.

   Foi aqui que em 1919, foi construída a Estação Radiotelegráfica das Faleiras, que para além de suportar as telecomunicações da ilha, prestou um muito importante serviço à navegação oceânica, com registo de contactos até ao Brasil e à África do Sul. Sendo de realçar um importante papel de prestação de serviços de comunicações a longa distância, à famosa Travessia do Atlântico Sul, por Gago Coutinho e Sacadura Cabral em 1922.

   Sim, Histórica por ter História.

   Mas a Vila de São Sebastião também foi e continua sendo, um lugar de ricas tradições, de cultura popular, de manifestações religiosas, de festas tradicionais, de beleza natural, de zonas balneares, de zonas de lazer, etc. Há inúmeras razões para se apreciar a Vila de São Sebastião.

   Quem nos queira visitar é bem-vindo, sempre. Quem o faça tendo a noção da importância Histórica, deste brioso lugar…é irmão.

   Sejam Bem-Vindos à Histórica Vila de São Sebastião!

Guilherme Bizarro

Presidente da Junta de Freguesia da Vila de São Sebastião

Compartilhar: